terça-feira, 11 de novembro de 2014

Estou quase a fazer quarenta anos.
O D. nasceu ontem, perfeitinho e (acredito eu) feliz por vir conhecer os seus papás.

Resumidamente, era isto que me faltava escrever aqui.
Até sempre.

4 comentários: